quarta-feira, 25 de setembro de 2013

O Circo Mecânico Tresaulti – Genevieve Valentine


Mais um caprichado lançamento da DarkSide,O Circo Mecânico Tresaulti, me lembra uma mistura de pesadelo e sonho, é trágico e denso, mas ainda assim, parece que a cada segundo coisas fantásticas e incríveis irão acontecer.
O grande protagonista dessa estória, ou desse sonho se preferir, é o próprio circo, que mais se assemelha a um organismo vivo – muitas vezes até me lembrei de outras resenhas que fiz que diziam que o “coletivo” representava mais do que um personagem sozinho. Acho que a identidade de cada um dos personagens, como Elena, Boss ou Little George são muito fortes, mas elas mais se parecem com parâmetros ou verdadeiros órgãos que mantém o circo vivo, é  possível até observar alguns personagens agindo de modo totalmente imprevisível, movidos por  – quem sabe? – um impulso de fazer o melhor para o circo.
Existem varias estórias paralelas “correndo” pelo livro, uma das que eu mais gostei foi a da Bird e Stenos que são parceiros de espetáculo e rivais quando o assunto são as belas – e malditas – asas que pertenciam a Alec. Mas é claro que um livro com tal diversidade e complexidade de personagens, tem fortes candidatos a serem os favoritos dos leitores, eu tenho que admitir que simpatizei até com Elena, a mais “fria”  ou “intratável” do livro.
Ler livros novos e dos quais eu nunca ouvi falar tem algumas vantagens, eu nunca tinha pensado sério sobre o que é Literatura Steampunk, mas pelo o que eu entendi eu já li alguns livros que se “encaixam” dentro deste gênero, e é claro, me interessei por mais títulos dele. Talvez mais para frente, quando eu estiver mais intima da Literatura Steampunk, eu possa escrever com mais facilidade sobre ela.