sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

As vantagens de ser invisível – Livro e filme



Um dos filmes mais comentados de 2012, graças a Emma Watson (rsrsrs brincadeira). Por conta do filme o livro acabou também fez bastante sucesso, apesar de ter sido lançado no inicio dos anos 90, fato bem nítido e pouco claro no filme.
A história contada é a de Charlie, garoto que está no 1º ano do colégio, não tem amigos e o único que tinha morreu. Ele está sempre observando oque se passa ao redor, como se tudo fosse um filme.
Na escola o professor de inglês o estimula a participar das atividades e da vida, além de lhe dar vários livros ; assim ele acaba fazendo amigos e participando de várias situações e tendo experiências com drogas. Tudo issoem paralelo com diversos connflitos familiares e pessoais, estes ligados a algum fator desconhecido (ele passou o último ano no hospital, só sabemos que ele tem algum problema desde criança e que era muito próximo de sia tia, já falecida).
A história é basicamente esta... mas a forma como é contada, tanto no livro quanto no livro é muito delicada e faz com que a gente se identifique com as personagens, em alguns trechos faz-nos sentirmos mal, por não prestar atenção nas pessoas ao redor (sempre queremos ser os protagonistas e participar de tudo). Isso torna charlie invisível e seus amigos, desajustados);
O livro é escrito em forma de cartas para um destinatário desconhecido até pelo Charlie, por isso conhecemos somente o ponto de vista do Charlie, não há um ser onisciente e/ou onipresente. Ponto muito marcante no livro são os livros indicados pelo professor de inglês, que de alguma forma sempre se encaixam ao momento vivido por Charlie. 
enquannto o filme apresenta uma trilha sonora impressionante (muito boa!!), único fator que indica o período em que se passa o enredo. Diferente do livro que deixa isso bem claro (e não é por causa das datas nas cartas) por meio de ações corriqueiras e costumes comuns entre os adolescentes da época, gravar fitas, por exemplo. 
Gostei muito dos dois, mas o filme superou o livro, pelo fato de não focar completamente no Charlie (apesar de também ser a visão de Charlie sobre o mundo) pois 3 personagens principais são muito bem interpretados e pela trilha sonora (que serve de boa fonte de pesquisa para quem gosta de música e não conhece nada antigo). Além de ter o prórpio autor como diretor!!! Dá-le
Stephen Chbosky!!!

Trailer: