domingo, 3 de agosto de 2014

As Violetas de Março – Sarah Jio


Acreditem ou não eu já ganhei um livro da cortesia do Skoob. E foi "As Violetas de Março" de Sarah Jio, publicado pela Editora Novo Conceito em 2013. Confesso que quando cliquei em participar não estava tão interessada na história e sim na esperança de ganhar pela primeira vez alguma coisa em um sorteio.

Sorte a minha! Ganhei duas vezes, a primeira quando recebi o livro de surpresa em casa (eu não tinha conferido o resultado) e a segunda quando me deixei levar pela leitura.

O livro agrada no primeiro contato, a capa é delicada e todas as folhas são decoradas. Apesar de romance não ser o meu estilo favorito a história não demorou a me cativar.

Fala sobre Emily Wilson, mulher jovem, escritora, que está passando dificuldades na vida pessoal - um divórcio - e na vida profissional - falta total de inspiração para seu livro. Na tentativa de reorganizar a própria vida ela parte de férias sem fim definido para a ilha de Bainbrigde, onde mora sua Tia Bee e onde ela costumava passar as férias na infância.

Ela se deixa levar pelo clima de nostalgia e tranquilidade da ilha e chega a reencontrar um antigo namorado da adolescência, mas tudo muda quando em seu quarto de hóspede, em uma gaveta, ela encontra um diário de 1940 e começa a lê-lo furtivamente.

Enquanto se aprofunda na biografia retratada nas folhas velhas e amareladas ela vai desvendando aos poucos um mistério que envolve várias pessoas da ilha e até mesmo sua própria história.

A narrativa é alternada entre Emily e o diário que ela está lendo, o que dá a sensação de ser um livro dentro do outro. É doce, desperta sorrisos, melancolia, vontade de tirar férias à beira-mar e principalmente esperança.