sábado, 16 de agosto de 2014

O Pacto – Joe Hill


O Pacto de Joe Hill conta a história de Ig Perrish, um homem bom, de uma família previlegiada e que ainda criança conheceu o seu primeiro e único amor: Merrin. Em uma noite em que eles discutem ela é estuprada e morta e Ig é o principal suspeito. 

No aniversário da morte dela, ele acorda de ressaca e surpreendentemente com chifres que, logo ele descobre, possuem certo poder de colocar as pessoas em transe onde contam os seus maiores segredos e pecados. Ninguém é imune à ele e a pior confissão vem de seu irmão Terry que sempre soube quem foi o assassino de Merrin e nunca contou a verdade.

A leitura não é cansativa e a narrativa é alternada entre o presente e o passado de Ig, onde o autor vai mostrando a construção de caráter e personalidade dos personagens profundamente.

É um livro em que o leitor não consegue ficar indiferente. Os sentimentos são tão bem tratados que você sente o que os personagens estão sentindo. A dor, a raiva, a compaixão, a perca se mexem dentro de você que só se dá conta disso quando o ônibus está chegando no ponto em que você desce e então precisa fechar o livro.

Leia sem preconceito, sem falso moralismo e sem se sentir culpado por permitir que Deus ou suas crenças sejam questionadas tão brutalmente ao longo da história.

Prepare-se para ser pego de surpresa e se quiser não deixe de fazer o sinal da cruz antes de começar a folheá-lo, afinal nunca se sabe que meios o diabo vai usar para chegar até você.