sábado, 20 de dezembro de 2014

Você é insubstituível – Augusto Cury

Peço desculpa, aos que gostam desse livro, mas... Odiei!!!!
Me senti uma tonta! Tipo criança sendo tratada como idiota por adulto, sabe? 
A ideia do livro é boa, fazer com que as pessoas se sintam melhores, só pelo fato de estar vivo! Mas faz isso de forma meio esquisita, na minha opinião. Dizer que sou vitoriosa porque um espermatozoide fecundou um óvulo, me parece uma extrapolação exagerada para os obstáculos da vida. 
E esse tipo de comparação faz a vida parecer pouco complicada e as pessoas fracas, frente ao que acontece no dia a dia. Ou seja... Apesar da ideia por traz do livro ser boa, a forma como faz isso não me agradou.