segunda-feira, 13 de maio de 2013

Bubble Gum - Lolita Pille


    Este é o segundo livro da autora francesa Lolita Pille, nele ela narra a história de Manon, uma garota que sonha em ser atriz/modelo e acaba por conhecer Derek, herdeiro de uma multinacional e que tem por hobby comprar e manipular pessoas e vê em Manon, a oportunidade perfeita de destruir uma vida. 
    Ao se envolver com Derek, Manon consegue atingir seu objetivo de ser uma famosa modelo e atriz, mas às custas de vício em antidepressivos e cocaína, numa vida vazia de sentido e com muito tédio (o principal motivador da personagem). Mas ao se ver presa numa armadilha, se dando conta de que é mais um projeto para Derek, ela planeja uma vingança. 
    A narrativa começa meio tediosa, mas vai empolgando e te prendendo, se você for do tipo que não gosta de coisas consideradas “imorais” e com muita manipulação, este livro será uma leitura fácil, já você que gosta de um pouco de polêmica e críticas a nossa geração, vai se interessar. A história em si é meio clichê, escrita em primeira pessoa e sob o ponto de vista dos dois personagens principais, o que torna a narrativa bem confusa em alguns pontos e com final óbvio. 
    O livro cumpre bem a função de criticar algumas atitudes comuns em jovens(ou nós mesmos) da nossa geração e alguns costumes que temos, além de ir ao encontro de alguns filmes, como “Aos treze”,  “Melissa P.” (ou “100 escovadas antes de dormir” em português). Não é uma leitura difícil, mas pesada por descrever algumas situações desagradável. Se ler, uma boa ideia é pegar algo bem leve para ler em seguida.