domingo, 27 de julho de 2014

O Meu Pé de Laranja Lima - José M. de Vasconcelos


"Agora sabia mesmo o que era a dor. Dor não era apanhar de desmaiar. Não era cortar o pé com caco de vidro e levar pontos na farmácia. Dor era aquilo, que doía o coração todinho, que a gente tinha que morrer com ela, sem poder contar para ninguém o segredo."

Poucas vezes comecei a escrever com "as mãos atadas" e talvez essa seja a pior delas. Minha releitura de O Meu Pé De Laranja Lima acabou e eu estou com aquela sensação de "o que fazer agora?".

É o meu livro favorito desde a primeira vez que li e conta a história de Zezé, um menino de cinco anos, nascido em uma família pobre, de muitos filhos e que, apesar de todas as suas artes, entende muito mais da vida do que os adultos.  Ao longo da narrativa, vamos conhecendo os seus sonhos enquanto ele conversa com a sua árvore de estimação e percebendo o quão especial ele é, ainda que seus pais e irmãos nunca o reconheçam.  

É o tipo de livro em que pouco se pode falar sem contar partes importantes da história, mas tenho certeza de que você vai rir das vezes em que ele se esforça para encaixar uma palavra nova (que aprendeu com seu Tio Edmundo) em uma frase e se emocionar com a forma carinhosa e paternal que ele cuida de seu irmãozinho mais novo Luís, fazendo de tudo para protegê-lo de descobrir as verdades da vida que nenhuma criança deveria saber, embora ele muito cedo tenha descoberto. 

É muito mais que uma história. É o relato das pequenas alegrias e das grandes dores que se pode ter trilhando o caminho da existência humana, tudo isso transmitido ao leitor ingenuamente pelo ponto de vista de uma criança especialmente doce e sonhadora. 

Editora: MELHORAMENTOS 
Número de páginas: 192 
Assunto: LITERATURA JUVENIL