sábado, 23 de novembro de 2013

Um Passarinho me Contou #1


Recebemos muitas noticias sobre lançamentos de livros, filmes, e outras coisas, como a maioria são noticias curtas ou apenas avisos do que esta por vir, eu acabo optando por não divulgar, mas a partir de hoje – e dessa postagem – vou tentar falar um pouco mais sobre essas novidades, e dar a minha opinião – nem sempre né? Às vezes eu nem formei opinião ainda – sobre elas.


Um lançamento é sempre legal, mas é mais legal ainda quando é de um novo autor, e é isso que “Deixe a InglaterraTremer” é. Eu me interessei por esse livro, principalmente, por dois motivos:
1° Conta as experiências de um jovem brasileiro em Londres, ou seja, na capital da Inglaterra, e eu AMO a terra da Rainha Elizabeth, toda a história e cultura desenvolvida lá realmente me fascinam, seus personagens, inventores, nobres, personalidades, arquitetura, e até o sistema político e sua evolução me atraem.
2° Letras de Rock alternativo no inicio dos capítulos é bom, mas falar que tem um que tem Florence + The Machine é covardia, deve ser uma das artistas atuais que eu mais gosto e mais ouço, eu piro nas musica da Florence, espero realmente que o capitulo seja incrível, como deve ser o trecho da musica escolhido (e isso é um ultimato)!
Sinopse
Embalado pelo ritmo frenético das letras das canções de rock alternativo que antecipam cada passagem do livro, “Deixe a Inglaterra Tremer” é o retrato de como Londres se tornou um polo multicultural nos últimos anos.
Nosso narrador constrói e desconstrói diversos estereótipos culturais ao longo dos quatro meses em que esteve lá. Demonstra o processo de adaptação do jovem amargo que era quando chegou à cidade, nos levando à experiência do amadurecimento pessoal que somente a vida numa cidade repleta de possibilidades pode proporcionar. O contato com estrangeiros de todas as partes do mundo, o intercâmbio cultural – nem sempre amigável e bem-sucedido –, as amizades nascidas do sentimento em comum de se estar “sozinho no meio da multidão”, as reflexões acerca da própria vida diante de realidades tão diferentes à primeira vista. Tudo isso transforma o livro numa explosão quase tão multifacetada quanto a própria vida na antiga Londres do novo século.


Essa novidade é mais “fofinha” e voltada para as pessoas que curtem a literatura nonsense de Lewis Carroll, e também tem a ver com a nossa ultima promoção, afinal é mais uma aventura de Alice, ou melhor, um sonho de Alice.
Sinopse
"ERA UMA VEZ, uma garotinha chamada Alice: e ela teve um sonho muito curioso. Você gostaria de saber o que ela sonhou?" The Nursery “Alice” é uma adaptação de Alice que o próprio Lewis Carroll escreveu para crianças “de nenhum a cinco anos”, como ele mesmo descreve. Publicado pela primeira vez em 1890 com ilustrações coloridas de Sir John Tenniel.