segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

O demonologista - Andrew Pyper

Lembra bastante "O exorcista" e ao mesmo tempo é bastante diferente. Vamos às semelhanças: personagens com histórias de vida peculiares, no caso deste livro, são personagens que convivem com a solidão e a melancolia, problemas familiares e a descrença em Deus e no demônio. Já as diferenças estão no enredo, na forma como a história se desenvolve e o enredo é bem diferente.
A personagem que dá título ao livro é David Ullman, renoamdo professor da Universidade de Columbia, especializado em textos literários que tem o Diabo como figura principal, com enfase na obra de John Milton, Paraíso Perdido.
para David o Diabo sempre foi uma figura mitológica, até que ele é contratado para um trabalho, sobre o qual tem pouca (quase nenhuma) informação; este  trabalho consiste em observar um fenômeno e descrevê-lo.
O casamento já ia mal e sua relação com a filha também estava se deteriorando, com isso ele aproveita para viajar com a filha por uns dias na Itália, enquanto realiza o trabalho. E então tem início uma jornada assustadora ao autoconhecimento e estrasnhas ocorrências, por assim dizer, enquanto corre contra o tempo e decifra pistas escondidas em "Paraíso Perdido", para enfrentar O Inominável e salvar sua filha.
É um livro que prende, a narrativa te deixa sem fõlego, apreensiva/o. Este foi o primeiro livro que li do Andrew Pyper e estou ansiosa para ler os outros. E essa leitura me fez ir atrás de Stephen King!! (Sim, ainda não o li e sim, ainda tenho a coleção de Torre Negra para ler.)